Professor

Minha foto
Garanhuns, Pernambuco, Brazil
• FORMAÇÃO ACADÊMICA. Instituição: UPE – CAMPUS GARANHUNS Curso: Licenciatura Plena em História (2007) Curso: Pós-Graduação Programação do Ensino de História (2009) >>>• EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Período:12 anos ATUALMENTE: Escola Estadual Elisa Coelho & Escola Municipal José Brasileiro Vila Nova Disciplinas: História, Filosofia, Sociologia e Artes...

Total de visualizações de página

segunda-feira, novembro 28

É Notícia...Analfabetismo crônico

Educação


Analfabetismo crônico


O mais grave sintoma da injustiça social no Brasil ainda condena milhares de brasileiros a viver alheios a toda ordem e qualquer progresso


Aos 15 anos, Maria Gabriela ainda não lê, mal assina o nome e sonha em ser cantora de brega / Foto: Flora Pimentel/JC Imagem

Aos 15 anos, Maria Gabriela ainda não lê, mal assina o nome e sonha em ser cantora de brega


Foto: Flora Pimentel/JC Imagem


O Brasil continua sendo um País de muitos iletrados. Famílias inteiras que perpetuam há décadas os mais tristes indicadores sociais. Segundo o último censo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pelo menos 9,6 % da população nacional com 15 anos ou mais não sabem ler nem escrever. Em números absolutos, são quase são quase 14 milhões de analfabetos.

Gente como a dona de casa Lúcia Maria Alves dos Santos, 47 anos. Nem ela, nem sua mãe, dona Luzia, dedicaram mais que um dia de vida aos trâmites escolares. Viveram privadas da leitura. Uma triste tradição familiar que agora se perpetua no desinteresse da filha de Lúcia, Maria Gabriela, 15, pelos estudos. “Ela não quer nada com os estudos.”
Para a educadora Elisângela dos Santos, a questão não pode ser individualizada. O problema não está nas crianças e jovens brasileiros, diz, mas no modelo de educação de adotamos até hoje. Enquanto a escola não muda, o analfabetismo rouba a cidadania de muita gente Brasil afora. 
CLIQUE  PARA SABER MAIS...

 http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/suplementos/arrecifes/noticia/2011/11/25/analfabetismo-cronico-23402.php

Obrigado! A todos que visitaram o BLOG! Mais de 15000 Acessos!

domingo, novembro 20

Dia da Consciência Negra - 20 de Novembro




O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de Novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte forçado de africanos para o solo brasileiro (1594) .Zumbi é considerado um dos grandes líderes de nossa história. Símbolo da resistência e luta contra a escravidão, lutou pela liberdade de culto, religião e pratica da cultura africana no Brasil Colonial. O dia de sua morte, 20 de novembro, é lembrado e comemorado em todo o território nacional como o Dia da Consciência Negra.

quinta-feira, novembro 10

III EXPO-AFRO BRASIL 2011 - IDEALIZADOR PROFESSOR WALBER QUEIROZ

III EXPO-AFRO BRASIL na 
Escola Manoel Alves de Araújo em Venturosa -PE no Distrito do Grotão
Em novembro de 2011:(Projeto Pedagógico) IDEALIZADOR : PROFESSOR WALBER QUEIROZ EM CONSTRUÇÃO... Este projeto destina-se a ampliar conhecimentos acerca da Cultura afro-brasileira que é o resultado do desenvolvimento da cultura africana no Brasil, incluindo as influências recebidas das culturas portuguesa e indígena que se manifestam em diversas expressões como, por exemplo, a música, a religião e a culinária. Os quilombos representaram uma das formas de resistência e combate à escravidão. Rejeitando a cruel forma de vida, os afro-brasileiros buscavam a liberdade e uma vida com dignidade, resgatando a cultura e a forma de viver que deixaram na África e contribuindo para a formação da cultura afro-brasileira. Dando ênfase ao dia 20 de novembro, é lembrado e comemorado em todo o território nacional como o Dia da Consciência Negra. Sancionando a Lei nº. 10.639/03. Assim permitir sua influência na formação do povo brasileiro é vista até os dias atuais. consolidando a valorização da sua própria cultura brasileira.

OFICINA DE DANÇA AFRO-BRASIL - III EXPO-AFRO BRASIL 2011

MURAL AFRO -BRASIL 2011 - III EXPO-AFRO BRASIL 2011


quarta-feira, novembro 9

PROFESSORES HERÓIS!?

-Você suporta os alunos mal-educados e agressivos de hoje em dia?
-Você suporta coordenadores demagógicos com suas fantasias delirantes?
-Você suporta alunos filhinhos de papai mimados que têm uma mesada maior que seu salário?
-Você suporta papai e mamãe reclamando junto ao diretor que eles pagam pra você dar educação para os filhos deles?
-Você suporta colegas Pollyannas que vivem de jogar o "jogo do contente" e são seguidores da pedagogia do amor e outras tolices similares?

Se você suporta todos os itens acima, você tem jeito pro sacerdócio!

PARABÉNS! VOCÊ É UM PROFESSOR HERÓI!